Cartão de Crédito: Faça dele, um aliado!

Tempo de leitura: 3 minutos

Certamente, o cartão de crédito já foi considerado culpado por bagunçar sua vida financeira.

O cartão de crédito é considerado um dos maiores vilões nas finanças das pessoas.

Porém, pense conosco:

  1. A culpa é do plástico retangular que as pessoas guardam na carteira ou do individuo que passa o cartão sempre que vê uma maquininha?
  2. Mas por que o cartão de crédito é considerado um grande vilão?

Normalmente, o limite “dado” pelo Banco é maior do que podemos pagar!

Pense se você conseguiria pagar o limite inteiro, apenas com seu salário do mês.

Todavia, como é “fácil”, está na mão e disponível, as pessoas vão usando e no final do mês, se não conseguir para pagar o total da fatura, parcela, paga o mínimo e daí começam os problemas.

Quando você paga o mínimo e utiliza o tal do “rotativo”, os juros podem chegar a 500% ao ano!

Apenas para título de informação, um investimento no mesmo Banco, pode render para você apenas 5%.

Mas dá pra piorar?

Sim!

Para fugir de faturas altas, as pessoas buscam fazer outros cartões de crédito, como por exemplo:

Cartão da Renner, Riachuelo, Hipercard, C&A, Marisa, entre outros e assim, os problemas aumentam.

As razões pelas quais as pessoas fazem esses cartões de crédito é para trazer a impressão de que não estão gastando muito ou quando não se tem mais limite num único cartão.

Se você não tem mais limite num único cartão, provavelmente não terá condições de pagar todas as faturas.

Portanto, pense 2x antes de solicitar um cartão de crédito novo.

E com relação a impressão de que está gastando pouco, é totalmente ilusório e traiçoeiro.

Sabe aquelas “parcelinhas” de 10, 8 reais? Se ficasse nisso, tudo bem, mas não!

O comum é fazer várias e várias “pequenas” parcelas e no final do mês o saldo é enorme.

Utilizar vários cartões de crédito tem um outro grande problema que é a falta de organização.

Fica quase impossível você conseguir se planejar e saber exatamente quanto vai ter que pagar no final do mês, qual o total da dívida e se vai sobrar dinheiro no mês seguinte.

Mas então, devo jogar fora meus cartões de crédito?

Na minha opinião, não!

Você pode transformar o cartão em seu aliado e até ganhar dinheiro com ele.

Primeira dica que eu dou, é concentrar todos os gastos num ÚNICO cartão, assim você terá um controle muito maior do seu dinheiro e ainda terá mais benefícios, como programa de milhagem, pontos, “cashback” e etc.

Veja só:

Você estará consumindo, tendo maior controle dos seus gastos e ainda recebendo “dinheiro” de volta.

Nossa dica é concentrar todas as despesas possíveis no cartão e consigo e me organizar muito bem fazendo isso.

Imagine que você receba R$ 5.000 por mês de salário e possui R$ 2.000 de contas que não é possível pagar no cartão de crédito (por exemplo: Aluguel e condomínio).

Sabendo que você deve investir em torno de 10% da sua renda (R$ 1.000), poderá, então gastar R$ 2.000 no cartão de crédito.

Este valor, portanto, é o seu limite!

Conforme vai passando o mês, você saberá se precisará diminuir o ritmo de gastos ou se poderá gastar mais, pois terá total controle das contas do mês seguinte.

Esta dica de como utilizar o cartão de crédito ao seu favor, funciona muito bem para mim e para funcionar para você, é necessário ter a consciência que o limite do cartão não é para ser utilizado de forma integral. Você terá o seu próprio limite.

E não esqueça: Escolha sempre cartões de crédito sem anuidade!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *